• Rafaella Galardo

Crédito habitação: tudo sobre as despesas e impostos a pagar

Despesas do empréstimo habitação variam de banco para banco. E os impostos também são variam consoante a zona e o valor de compra.

Na hora de comprar casa com recurso ao crédito habitação há que ter em conta que é necessário pagar, desde logo, um conjunto de despesas e impostos associados ao empréstimo. É por isso que é importante dispor de poupanças antes de adquirir uma habitação com financiamento bancário. Neste artigo, explicamos tudo o que precisas de saber sobre as despesas e impostos a pagar pelo crédito habitação.


Quanto se vai pagar pelas despesas e impostos do crédito habitação?

Quando pedires um crédito habitação para comprar casa, o banco vai analisar a tua capacidade financeira para assegurar o pagamento do empréstimo no longo prazo. E para o fazer deverá consultar o mapa de responsabilidades de crédito – a lista negra do Banco de Portugal (BdP).

Se o banco garantir que tens todas as condições para pagar a prestação da casa e der luz verde ao processo, irá iniciar os procedimentos para a concessão do crédito habitação. E aí irá informar-te das despesas com o empréstimo e os impostos associados.

Esse valor não é arbitrário, cabendo ao banco calculá-lo. E a entidade bancária terá em conta as características do teu empréstimo habitação. Em geral, as despesas e impostos aproximam-se de 10% do valor de compra. E, por isso, deverás ter esse dinheiro poupado. Se não tiveres essa quantia, há algumas formas de consegui-la, com explicamos aqui.


Como funciona o pagamento de despesas e impostos do crédito habitação?

Cada banco terá as suas despesas, pelo que poderá haver algumas diferenças neste ponto entre instituições bancárias. Além disso, há que ter em conta que os impostos também variam conforme zona de compra (continente/ilhas), valor de compra e valor do empréstimo - que, em regra, deverá ser até 90% do valor da aquisição do imóvel.

Ainda assim, na maioria dos casos, é assim que as famílias têm conhecimento das despesas e impostos a pagar pela hipoteca da casa:

  • Solicita-se um crédito habitação depois de comprar diferentes soluções, até porque como “cada banco tem as suas despesas sendo também algo que deve ser comparado entre ofertas”, diz Miguel Cabrita, responsável pelo idealista/créditohabitação em Portugal;

  • O banco realiza o estudo de viabilidade de concessão de crédito habitação, avaliando a taxa de esforço e verificando o mapa de responsabilidades do BdP;

  • Se o banco aprovar o pedido de crédito habitação e aceitares a oferta, a entidade irá pedir-te o dinheiro necessário para pagar as despesas e impostos associados com alguma antecedência para que não falte dinheiro durante o processo;

  • É levado a cabo o processo de compra e venda da casa, bem como a concessão do empréstimo habitação;

  • O banco cobra as despesas e impostos associados ao crédito habitação no dia da escritura;

  • O banco informa que as despesas e impostos estão pagos. O cliente deve rever se as despesas e impostos estão pagos devidamente e notificar a entidade. Se houver qualquer falha, o cliente deve notificar o banco para que a situação seja regularizada.


Quem paga as despesas e impostos do crédito habitação?

As despesas e os impostos associados ao crédito habitação são pagos pelo cliente ao banco. Ou seja, cabe à pessoa interessada em comprar a casa e que vai ao banco à procura financiamento por meio de um empréstimo habitação.



fonte: idealista

2 visualizações0 comentário