• Rafaella Galardo

China constrói 1ª barragem sem trabalhadores (e com impressão 3D)

A construção desta barragem é similar a uma impressão 3D. Projeto é liderado pela Universidade de Tsinghua.

O setor de construção na China fez um novo avanço na automatização de obras com o projeto da barragem Yangqu, uma hidrolétrica no sopé do Tibete que pretende ser concluída em 2024. E, tudo isso, através do uso de inteligência artificial, utilizando escavadoras, camiões, tratores, etc.., sem um único trabalhador, e elevando a parede de 180 metros de altura como camadas de impressões 3D.


O projeto é liderado pela Universidade de Tsinghua, que afirma que a construção desta barragem é similar a uma impressão 3D, lançando um grande número de máquinas automatizadas que funcionam em uníssono. A barragem, que já está em construção, será construída camada por camada, centralizando toda a frota de camiões, tratores e escavadoras com inteligência artificial, ou seja, trabalhadores autónomos em vez de humanos.


"Estas características do sistema fazem com que ele seja considerado uma impressora 3D gigante", dizem os cientistas da universidade. A previsão é que o projeto seja concluído em 2024, abastecendo as áreas habitadas no alto curso do Rio Amarelo, onde vivem 100 milhões de pessoas.

Atualmente, a fase de mineração está em andamento para extrair os materiais e neste campo precisaram de mão de obra tradicional.


Fonte: idealista

1 visualização0 comentário